É hora de ligar o alerta, Botafogo! A derrota de 1 a 0 para o Vasco, na noite do último sábado, no Maracanã, significa mais que o distanciamento do G4. Simboliza também o quinto jogo consecutivo sofrendo pelo menos um gol. Se o time de Jair Ventura também for vazado contra o Avaí, na próxima quarta-feira, na Ressacada, igualará a pior marca neste quesito na temporada (confira abaixo). São duas sequências de seis jogos consecutivos de defesa vazada.

Além do gol de Nenê, o Glorioso tomou dois do Coritiba, três do Vitória, e mais um da Chapecoense e do Grêmio. Menos mal que nesses cinco jogos, o Alvinegro venceu três. O momento ruim da defesa vem logo após engatar três jogos sem sofrer gols (Flamengo, Grêmio e Santos).

Para apimentar ainda mais o mau momento do Botafogo defensivamente, o Alvinegro vê o zagueiro e capitão Carli tornar-se baixa para o jogo com os catarinenses.

Falhas decisivas
Ao contrário do que aconteceu contra o Vasco, quando Nenê resolveu a partida em jogada individual, o Botafogo mostra falhas defensivas nos gols marcados. Na vitória de 2 a 1 sobre a Chapecoense, por exemplo, Victor Luis deixou Apodi (que não é um jogador alto) livre para marcar de cabeça.

Na partida anterior, a derrota de 3 a 2 para o Vitória, talvez pelo alto número de gols sofridos, mais falhas foram notadas. Só no primeiro gol, Rabello, Luis Ricardo e Carli falharam. Deles, o lateral foi o que mais deixou a torcida na bronca.

Antes do revés no Nilton Santos, o Glorioso venceu o Coritiba, fora de casa, também por 3 a 2. Gatito pegou um pênalti, cometido por Lindoso, e evitou que o time perdesse pontos, mas houve erros bobos, como o de Rabello no primeiro gol do Coxa.

O primeiro dos cinco jogos desta sequência do Botafogo foi contra o Grêmio, na eliminação na Copa Libertadores. A torcida viu falhas de Matheus Fernandes e Gatito Fernández no gol que desclassificou o Glorioso.

A atual sequência do Botafogo
Grêmio 1 x 0 Botafogo
Coritiba 2 x 3 Botafogo
Botafogo 2 x 3 Vitória
Botafogo 2 x 1 Chapecoense
Vasco 1 x 0 Botafogo

Primeira sequência negativa (6 jogos):
Madureira 2 x 0 Botafogo (primeira rodada do Carioca)
Botafogo 1 x 1 Nova Iguaçu
Botafogo 2 x 1 Colo Colo
Botafogo 2 x 1 Macaé
Colo Colo 1 x 1 Botafogo
Botafogo 1 x 2 Flamengo

Segunda sequência negativa (6 jogos):
Vasco 2 x 0 Botafogo (Final da Taça Rio)
Barcelona – EQU 1 x 1 Botafogo (Libertadores)
Flamengo 2 x 1 Botafogo (Semifinal do Carioca)
Botafogo 2 x 1 Sport (Copa do Brasil)
Botafogo 0 x 2 Barcelona – EQU
Grêmio 2 x 0 Botafogo (Brasileiro)

Fonte: Terra