Coube ao “chutador” Alex Santana abrir a porteira para pôr fim a escassez de gols recente do Botafogo. Com sua especialidade, o chute de fora da área, o meia fez o primeiro da vitória por 2 a 0 sobre o Avaí, ontem (4), em Florianópolis (SC), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Este já foi o quarto gol de longa distância de Alex Santana na temporada. Anteriormente, ele já havia feito sobre a Portuguesa, no Campeonato Carioca, o Campinense, na Copa do Brasil, e o Defensa y Justicia (ARG), na Copa Sul-Americana – numa verdadeira pintura do meio de campo.

“Pude acertar um bom chute. O João Paulo é inteligente, me achou ali e graças a Deus consegui fazer o gol”, destacou Alex Santana à TV Globo após seu gol diante do Avaí.

Ao todo, o meia já tem nove gols com a camisa do Botafogo em 29 partidas disputadas. Ele chegou do Internacional nesta temporada e assinou contrato de três anos com o Alvinegro.

Para o técnico Eduardo Barroca, porém, o autor dos tentos é o que menos importa:

“Não importa quem vai fazer o gol. O importante era quebrar a sequência, voltar a dar confiança, bom ambiente. A falta de vitória te desgasta, mas os jogadores foram sempre muito corretos, sérios. Por isso minha opção de manter a linearidade das escolhas. Tenho muita confiança nesse grupo, muita coisa a melhorar”.

Fonte: UOL