Com o mesmo nome do filho, Carlos Alberto, o pai, é botafoguense. Porém, ele revelou que o meia do Botafogo já vestiu a camisa do Flamengo, mesmo sem ter jogado no clube.

– Quando criança botaram na cabeça dele para torcer por certos times. Ele depois até tomou bronca de torcer para esses times. O Carlos Alberto vestia a camisa do Flamengo (quando pequeno), mas hoje em dia não tem nada a ver mais. Os filhos são torcedores dos times que jogam. Os times que jogam é o que estão torcendo – disse o pai do atleta à Rádio Brasil.

Aos 29 anos, Carlos Alberto tem no Botafogo a chance da redenção na carreira. Se depender da torcida do pai, dará certo.

– Meu sentimento hoje em dia é de felicidade enorme em ver meu filho jogando para o time que torço. Desejo toda sorte do mundo, vai trazer muita alegrias para mim e para a torcida do Botafogo. Ele falou que ia voltar e levar o Botafogo para frente, espero que me traga alegria. Ele é um cara que vai voltar ao que era. Do jeito que estava não estava certo não. Hoje em dia vai dar um show aí – apostou.

Fonte: Redação FogãoNET