Optar pelo Independência para encarar o Botafogo no próximo sábado (15) foi uma decisão difícil para a diretoria alviverde. O motivo? Uma sedutora proposta para mudar o local da partida. De acordo com os cartolas, o clube recebeu uma oferta tentadora para transferir o mando de campo contra o clube carioca para Vitória-ES.

“Recebemos uma proposta de R$ 600 mil para levar o jogo para lá (Vitória)”, conta um dos presidentes do clube, o deputado Alencar da Silveira Jr. “Acreditamos na nossa torcida e no apoio que ela pode nos dar. Fizemos a nossa parte, agora queremos que ela faça a dela no sábado”, completa. Caso aceitasse, o América receberia metade do valor antecipadamente e a outra no dia da partida.

A expectativa da cúpula alviverde é de que aproximadamente 10 mil torcedores estejam no Horto para apoiar o time contra o Botafogo. Enquanto o Coelho ocupa a vice-liderança, com 34 pontos, o Fogão está em terceiro, com um ponto a menos. O Vitória-BA lidera a Segunda Divisão com a mesma pontuação dos mineiros, contudo leva vantagem nos critérios de desempate.

Cabe lembrar que a diretoria americana continua bancando metade do custo do ingresso na venda antecipada até sexta-feira (14/8). O preço do bilhete está mantido em R$ 40,00, mas o torcedor paga apenas R$20,00. No sábado, dia do jogo, o valor será o de R$40,00. Torcedores do Botafogo entrarão pelo portão 2 (rua Ismênia Tunes) e pagará o valor integral.

O sócio Onda Verde, que continua tendo acesso à área Vip do estádio, com entrada pelo portão 4 (rua Pitangui), pode levar acompanhante pagando R$ 40,00 pelo ingresso do visitante.

O América continua também arcando com os custos dos ingressos para as mulheres e as crianças até 12 anos, que assim continuarão tendo acessos franqueados no estádio, desde que acompanhados por um torcedor que tenha adquirido ingresso.

Fonte: Hoje em Dia