Andrezinho vai enfrentar Elkeson na China e torce pelo Botafogo

Compartilhe:

Neste sábado, às 8h35, a Superliga Chinesa promoverá um encontro entre ex-alvinegros. Do lado do Tianjin Teda estará Andrezinho, do outro, no Guangzhou Evergrande, o atacante Elkeson é a grande estrela. No Botafogo, em 2012, os dois jogadores eram comapnheiros de quarto nas concentrações. Depois do treino desta sexta-feira, no Estádio Olímpico de Tianjin, os dois colocaram a conversa em dia – na China, as equipes treinam no estádio do jogo na véspera das partidas.

– É sempre bom rever os brasileiros, principalmente o Elkeson, um amigo que fiz no Botafogo. Deu para matar a saudade, falar um pouco da cultura aqui da China… – disse Andrezinho, que assim como Elkeson, tem acompanhado o desempenho do Botafogo:

– Falamos muito sobre o Botafogo. Estamos muito felizes com essa situação pela qual o clube passa, é um grupo que merece estar onde está, pelo trabalho que a comissão técnica vem fazendo, que é surpreendente, com todas as dificuldades. Essa união do grupo está sendo fundamental. Sempre acompanho os jogos do Botafogo e fico na torcida, de longe, para que o time mantenha esse padrão de jogo até o fim da temporada.

Com os resultados desta sexta-feira, o Tianjin Teda entrou na zona de rebaixamento, com 18 pontos, mas se vencer ultrapassa o Changchun Yatai e deixa o grupo da degola. A partida deste sábado está sendo encarada como uma decisão pelos jogadores do Tianjin, mas Andrezinho está confiante na vitória, já a sua equipe joga em casa.

– Todos aqui estão tratando como o jogo do ano. O Guanghzou é a principal equipe aqui da China, eles estão invictos há mais de um ano. Tivemos uma reunião com os donos do clube essa semana e eles deixaram claro a oportunidade que teremos. Tabus são feitos para serem quebrados. Se vencermos esse jogo, essa invencibilidade é quebrada e todos vão entar para a história, principalmente porque precisamos dessa vitória pela situação em que nos encontramos. Não existe ocasião melhor para sairmos dessa situação do que vencer uma equipe tão forte como é a do Guangzhou – afirmou Andrezinho.



Fonte: Lancenet!
Comentários