O meia Tomas pode não saber, mas deve muito de seu brilho no clássico entre Botafogo e Flamengo ao técnico Vanderlei Luxemburgo. A informação pode soar estranha, mas foi um conselho do treinador rubro-negro que facilitou seu acerto com o Glorioso no início do ano. Detentor dos direitos de Tomas, o J. Malucelli ponderou sobre a possibilidade do meia acertar com o Botafogo. Uma conversa entre Joel Malucelli, presidente de honra do clube, e Luxemburgo atestou a mudança para o Rio como um bom negócio.

— Sou muito amigo do Luxemburgo. Antes de acertar a ida do Tomas para o Rio, nós tínhamos propostas de outros clubes brasileiros e de um clube de Portugal. Ficamos na dúvida se seria uma boa opção. Ao tratar com o Luxemburgo, ele nos indicou o futebol carioca e o destaque que o jogador teria na cidade. Foi um conselho fundamental — disse o cartola.

Segundo Joel, as negociações entre Botafogo e Tomas começaram nos primeiros dias de 2015. Amigo de René Simões, o presidente de honra havia dado sua palavra ao treinador alvinegro sobre a ida de Tomas para o clube. Dias depois, porém, uma proposta de um rival por pouco não colocou o camisa 11 em outro clube carioca.

— Depois de praticamente confirmar ao René que o Tomas iria para o Botafogo, o Vasco me ligou. O próprio Eurico Mirando conversou conosco sobre a situação do Tomas. Como nós já tínhamos dado nossa palavra ao Botafogo e ao René, o Tomas acertou com o clube — afirmou.

Maior entusiasta de Tomas no Botafogo, René contou como convenceu o J.Malucelli a liberar o camisa 11.

— Conheço um dos investidores da época da Jamaica. Expliquei que as propostas que o Tomas tinha seria uma retrocesso para a carreira dele. Fiquei muito feliz de ter vindo para o Botafogo. O que eu falei foi levado em consideração, foram corretos — falou o treinador após a vitória sobre o Flamengo.

Tomas chegou ao sul do país aos 19 anos. Tendo como ídolo o meia Alex – que encerrou a carreira na temporada passada -, o camisa 11 jogou nas categorias de base do Atlético-PR antes de chegar ao J. Malucelli. Destaque do Estadual do ano passado, Tomas acertou com o Boa Esporte, de Minas Gerais, onde foi vice-artilheiro da Série B do Brasileiro com 15 gols.

Fonte: Extra Online