Antes de jogo decisivo pela Copa do Brasil, Botafogo garante ano sem prioridades

Compartilhe:

Mesmo depois de iniciar o clássico com o Vasco, pelo Campeonato Brasileiro, sem sete titulares, o técnico Oswaldo de Oliveira garantiu que o Botafogo ainda trabalha na temporada pensando na competição. A preoucpação era com a sequência física de alguns jogadores na reta final.

Nesta quarta-feira, contra o Flamengo, pelas quartas de final da Copa do Brasil, o Botafogo vai com o melhor à  disposição. Mas Oswaldo valoriza os méritos das conquistas do time no ano para não deixar de pensar ainda em terminar o Brasileiro entre os quatro primeiros colocados.

– Não temos conforto. Estão todos em estado de alerta. Estamos ali por nossos méritos. O Botafogo é o único clube que está entre os quatro primeiros do Brasileiro desde  o início e vai avançando na Copa do Brasil dobrando adversários importantes. Contra o Atlético-MG, não apostavam no nosso time. Vamos vencer essas barreiras nas duas direções, pois nos interessa muito as duas situações – afirmou Oswaldo.

Na verdade, o Botafogo é o time que mais tempo está entre os quatro primeiros, mas não desde o início. São 26 rodadas seguidas, sendo 27 no total das 30 possíveis. O Flamengo está apenas na 11ª colocação no Brasileiro.

Apesar da diferença na tabela do Brasileiro, Oswaldo vê igualdade de forças na Copa do Brasil. No jogo de ida, houve empate em 1 a 1. Como nesse confronto o gol como visitante não será critério de desempate, qualquer empate leva a decisão para as cobranças de pênalti. O vencedor se classifica.

– O leque é grande nos dois times, ricos em possibilidades de ter um fator decisivo. Por isso, um grande clássico é um jogo interessante. Não tem favorito mesmo. Acho melhor esperar o jogo, que será bem jogado, e espero com ansiedade que o Botafogo se classifique – disse Oswaldo.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários