Em uma semana, o atacante Pimentinha passou de esperança do Botafogo para esta temporada para um ex-jogador do clube. Nesta sexta-feira, o Glorioso confirmou que o jogador não assinou o contrato de empréstimo de um ano com o clube e seu retorno para o Maranhão, onde voltará a jogar pelo Sampaio Correia. A diretoria segue atrás dos motivos para a reviravolta, mas cogita que um problema no púbis e de adaptação fizeram o jogador mudar de ideia.

De acordo com o gerente de futebol do clube, Antônio Lopes, o Botafogo foi pego de surpresa com a decisão do jogador. O dirigente contou que no início da semana, o clube apresentou o contato a Pimentinha. O jogador, porém, não queria assinar com o clube. Afirmara que as dores no púbis atrapalhariam sua passagem pelo Rio de Janeiro. O Botafogo chegou a insistir na sua permanência visando o Série B, mas o sumiço de Pimentinha impediu novas conversas.

— Confesso que nós não entendemos bem o que aconteceu. Eu cheguei a insistir que ele fizesse os exames com os médicos do clube para ver a gravidade da lesão no púbis. Ele disse que não queria assinar e ficar machucado. Disse também que queria voltar para casa, que não estava feliz. Foi aí que perdemos contato com ele — confirmou Lopes.

Pimentinha ficou apenas três semanas no Botafogo. Desde sua chegada, no dia 2 de fevereiro, o jogador foi colocado em regime especial de prepação física. No início desta semana, porém, Pimentinha começou a reclamar de dores no púbis, ficando ausente das atividades.

Fonte: Extra Online