A diretoria do Botafogo não terá tempo para curtir as festas de fim de ano. Após dispensar 11 jogadores e não manter Neilton, Elvis e Roger Carvalho — que está perto de acertar com o Palmeiras —, precisará contratar um time inteiro de reforços com qualidade se não quiser ser apenas um coadjuvante na Série A do Brasileirão, em 2016.

O clube ainda corre o risco de perder mais três titulares que ainda não renovaram contrato: Renan Fonseca, Willian Arão e Navarro.

A ideia de Ricardo Gomes de manter a base não foi concretizada e, dos atletas que atuavam com frequência, apenas Jefferson, Rodrigo Lindoso, Fernandes e Sassá, que se recupera de cirurgia no joelho esquerdo, estão garantidos na próxima temporada.

Luis Ricardo, porém, está perto de acertar a permanência e Henrique Almeida retorna do empréstimo ao Coritiba. Por enquanto, garotos mais novos como o zagueiro Emerson, os laterais Diego e Jean, o volante Dierson, o meia Octávio e os atacantes Luis Henrique e Vinicius complementam o elenco.

A única contratação até o momento foi a do defensor argentino Joel Carli. Com o fim desta temporada, os dirigentes esperam avançar nas negociações pelo meia Camilo e o lateral-esquerdo Dener Assunção, ambos da Chapecoense. O Botafogo confirmou a saída do goleiro Renan, que não preocupa, porque Helton Leite já vinha sendo o reserva imediato de Jefferson.

Fonte: O Dia Online