Um início espetacular, com três gols sobre o Deportivo Quito (EQU) e um sobre o San Lorenzo (ARG), todos na Libertadores e no Maracanã. A fonte de Wallyson secou depois disso. Até que o atacante quebrou o jejum de 87 dias ao marcar o último gol da vitória por 6 a 0 do Botafogo sobre o Criciúma.

Com contrato até o fim do ano, Wallyson atualmente é reserva de Emerson Sheik e Zeballos.

Fonte: Redação FogãoNET