Após mais uma semana conturbada, Botafogo visita o Atlético-PR em estádio vazio

Compartilhe:

O Atlético-PR segue sem poder contar com seus torcedores na Arena da Baixada – por causa de punição recebida após briga entre torcedores em Joinville, em 2013. Será sem o apoio dos fãs rubro-negros que a equipe enfrentará o Botafogo às 16h deste domingo, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, em busca de reação após queda de rendimento nos últimos dois jogos.

Como ponto positivo, o Furacão tem a possibilidade de aproveitar o momento conturbado do adversário carioca dentro e fora de campo. O Botafogo enfrenta grave crise financeira, que sacudiu o clube durante toda a semana de preparação para o jogo. A fase também não é boa para o Alvinegro quando se fala de resultados. A equipe joga para evitar entrar na zona de rebaixamento da competição.

Com 19 pontos e duas derrotas em sequência, o técnico Doriva planeja mudanças no Atlético-PR para recolocar o time nos trilhos. O rendimento do ataque é observado, mas a defesa é prioridade. Fora seis gols sofridos nas derrotas para Fluminense e Atlético-MG.

“Conversamos muito nesta semana com os atletas, por conta dos dois resultados negativos que tivemos. Continuamos com toda a confiança neles. Logicamente, trabalhamos em cima dos nossos erros, daquilo que temos errado. Esperamos que neste jogo tenhamos uma equipe um pouco mais agressiva, já que jogamos em casa, mesmo que ainda sem a torcida”, afirmou Doriva.

A intenção do treinador é pressionar o Botafogo, que vive caos interno. Após liberar na Justiça verba de R$ 2,5 milhões para pagar um mês da carteira de trabalho dos atletas, a diretoria alvinegra minimizou apenas pequena parte dos problemas. Ainda existem muitas pendências: dois meses de salários em carteira e seis de direitos de imagem, além do FGTS.

É com este clima pesado que o clube de General Severiano viajou para Curitiba. O Botafogo ocupa a 16ª posição da tabela, com 13 pontos, e precisa reagir para não cair na zona de rebaixamento ao final desta rodada. Do outro lado nesta temporada, Vagner Mancini reencontrará o Atlético-PR, clube que comandou com sucesso em 2013.

O treinador ressalta a necessidade de o Botafogo deixar as dificuldades extracampo de lado para repetir o bom desempenho no empate contra o líder Cruzeiro.

“A cabeça de todo mundo está voltada para os jogos. Temos vivido momentos diferentes, quando se tem de falar sobre outras coisas enquanto o foco tem que estar nos jogos. Tem virado rotina no Botafogo e temos que administrar da melhor forma possível. O ideal é que o atleta se desligue dessas questões financeiras para jogar bem”, avisou.

O Atlético-PR não poderá contar com o lateral-direito Sueliton, suspenso. O goleiro Weverton, por sua vez, está liberado para jogar. O Botafogo entra em campo completo, sem problemas – ao menos nesse ponto – médicos.

ATLÉTICO-PR x BOTAFOGO

Data: 10/08/2014 (domingo)
Horário: 16h00 (horário de Brasília)
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Transmissão na TV: Globo, Band e PFC
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Auxiliares: José Eduardo Calza (RS) e Alexandre Kleiniche (RS)

ATLÉTICO-PR
Weverton; Mário Sérgio, Cleberson, Léo Pereira e Natanael; Deivid, João Paulo, Bady e Marcos Guilherme; Marcelo e Cléo
Técnico: Doriva

BOTAFOGO
Jefferson; Lucas, Bolívar, Dória e Junior Cesar; Airton, Gabriel, Edilson e Carlos Alberto; Rogério e Emerson Sheik
Técnico: Vagner Mancini

Fonte: UOL

Comentários