Depois de conquistar o seu primeiro triunfo fora de casa no Campeonato Brasileiro neste domingo — 4 a 3 sobre o Vitória —, o Botafogo começa a pensar no compromisso de domingo, quando receberá o líder São Paulo, às 16h, no Nilton Santos. A expectativa contra os paulistas é deixar para trás outra marca negativa: não vencer equipes que estão na parte de cima da tabela.

Em duelos com adversários que estão nos oito primeiros lugares da tabela, o Botafogo só venceu o Grêmio, na terceira rodada, no dia 28 de abril, por 2 a 1. Desde então, foram dez partidas, com apenas dois empates (Palmeiras e Cruzeiro) e oito derrotas.

Destes resultados negativos, sete foram atuando longe do Nilton Santos. São 17 gols sofridos e somente dois marcados fora de casa. Os dois, inclusive, aconteceram justamente contra o São Paulo, em derrota por 3 a 2 no primeiro turno.

A boa notícia é que só resta um jogo fora de casa contra atuais integrantes deste grupo dos oito primeiros. No encerramento do Brasileiro, o Botafogo vai visitar o Atlético-MG, que bateu a equipe de Zé Ricardo por 3 a 0 no primeiro turno.

Dentro de casa, além do Tricolor paulista, o Alvinegro terá Corinthians (32ª rodada), Flamengo (33ª) e Internacional (35ª). Por isso, vencer o São Paulo será uma demonstração de força do Botafogo, que tem o dever de ser um bom mandante até o fim do campeonato se quiser fugir do rebaixamento sem maiores emoções.

Impulsionado pela boa vitória no fim de semana e uma rodada favorável, o Botafogo chegou aos 32 pontos e deu uma leve respirada. Mesmo se perder para o São Paulo, o time não vai entrar na zona de rebaixamento.

Ciente da importância de um resultado positivo, a diretoria alvinegra repetirá a promoção de ingressos que fez contra o América-MG e levou pouco mais de 25 mil torcedores. As entradas custarão entre R$5 e R$ 40. As venda começaram ontem e a expectativa é de casa cheia no Estádio Nilton Santos.

Fonte: Extra Online