Derrotando o ABC por 2 a 1,em Mané Garrincha, o Botafogo foi campeão da Série B. Os gols foram marcados pelo zagueiro Roger Carvalho e o meia Willian Arão. A conquista do título teve peso mais especial para o treinador Ricardo Gomes, que sofreu AVC e precisou ficar afastado do futebol por quatro anos. Ricardo Gomes falou sobre seu retorno como treinador, logo em uma situação difícil, de fazer o Botafogo retornar à Série B, porém conseguiu terminar o trabalho com bastante êxito.

“Só coisas boas. Só agradecimento. Sair de uma situação de quatro anos longe do futebol. Voltei, e voltei em um grande clube, e com o Botafogo campeão agora. É Série B, mas temos de comemorar e pensar em 2016 com um bom time. Tudo o que foi feito esse ano foi uma base para 2016. Todos os departamentos do clube foram importantes. Isso fez com que tivéssemos esse final feliz.”

O comandante analisou o ano difícil do clube e afirmou que espera que o Glorioso não retorne mais para a Série B e faça um bom campeonato em 2016.

“Esse trabalho desse ano foi importante. Vários jogadores chegaram no Botafogo esse ano. O time principal, titular, perderam quatro ou cinco jogadores no meio do ano. Diferente de você jogar uma Série B com outro time, o Botafogo era obrigado a vencer os jogos e ter o acesso. Quando, no esporte, você entra com a obrigação de vencer, isso é complexo. E eles trabalharam muito bem. Eles, até eu chegar. E depois, nós trabalhamos. E, por isso, conseguimos esse final feliz. É Série B? É. Mas o trabalho foi muito bom. Melhor é o Botafogo nunca mais voltar. Brigando sempre pela primeira parte da tabela. Isso sabemos também que no Brasil não é fácil, porque temos 12 ou 13 clubes querendo a mesma coisa e brigando por ela. Diferente de outros países.”

Com 71 pontos, o time Alvinegro é o líder e campeão da Série B e faz o último jogo da competição contra o América-MG, sábado (28), no Estádio Nilton Santos, às 17h30.

Fonte: Super Rádio Tupi