Após recomendar a funcionários do Botafogo com salários atrasados que fizessem bico para complementar renda, Jorge Leandro da Silva Freitas, de apenas 19 anos, foi exonerado do cargo de diretor administrativo da sede social. Ele, que está cursando administração, não recebia remuneração. A informação é do blog Bastidores FC, do site Globoesporte.com.

Fonte: Globoesporte.com