A diretoria do River Atlético Clube anunciou, na noite desta quinta-feira (11), a saída do técnico Eduardo Hungaro. Ele deixa o clube após a derrota do Galo para o Altos por 3 a 1, ontem, na final do 2º Turno do Campeonato Piauiense.

Hungaro, ex-Botafogo (RJ), chegou ao River para substituir Waldemar Lemos, demitido em fevereiro. Fez os últimos jogos do time tricolor na Copa do Nordeste, com direito a classificação inédita para as quartas-de-final do torneio, sendo eliminado pelo Vitória (BA).

No Campeonato Piauiense, Hungaro chegou na reta final do 1º Turno e foi eliminado na semifinal pelo Altos, após empate na prorrogação. No 2º Turno, foi o único invicto, perdendo apenas a final contra o Altos – resultado que custou ao Galo a ausência na Copa do Brasil e Nordestão do ano que vem.

No comando do Galo piauiense, Eduardo Hungaro teve seis vitórias, quatro empates e duas derrotas no Campeonato Piauiense, mais outras duas vitórias e duas derrotas na Copa do Nordeste.

Foram dois meses de trabalho com expectativa da torcida, que tinha como única referência do treinador sua passagem pelo Botafogo em 2014. A torcida perdeu a paciência com Hungaro após o empate em 1 a 1 com o Piauí, no 2º Turno. Os riverinos não aceitavam outro resultado que não fosse a vitória contra o rubroanil, que brigava contra o rebaixamento. O carro que levava o técnico foi cercado por tricolores na saída do estádio.

Fonte: Cidade Verde