O volante do Botafogo, Willian Arão, garantiu que os problemas financeiros do clube não têm atrapalhado os jogadores dentro de campo, como ocorreu na última temporada. Segundo o atleta, o clube carioca vem honrando seus compromissos e não tem atrasado os salários.

“Nós não temos do que reclamar. Esse ano o clube vem honrando com seus compromissos. Se teve atraso foi de dias, 10 dias, mas nem me recordo. O clube vem honrando e nós também, já que somos líderes. Se acabasse hoje, estaríamos na Série A, com o objetivo alcançado”, disse.

O jogador comentou sobre o momento vivido pelo Botafogo e lamentou o resultado da última partida, o empate por 0 a 0 com o Criciúma, em casa.

“Se a gente pegar o ano como um todo, estamos sempre na liderança. No Carioca e no Brasileiro, mesmo com todos os nossos problemas. Contra o Criciúma iniciamos com apenas três jogadores da final do Carioca, trocamos treinadores. Às vezes o torcedor fica impaciente porque quer a vitória, começaram a nos vaiar no intervalo do jogo, e o time não terminou o primeiro tempo jogando tão mal assim, até criamos chances. Depois pioramos no segundo, mas vale ressaltar o Criciúma, que depois que o Pet (Petkovic) entrou, não perdeu (na Série B)”, afirmou.

Arão ainda admitiu surpresa com a demissão de René Simões, que deixou o comando técnico da equipe há duas semanas, com a eliminação na Copa do Brasil diante do Figueirense.

“Quando o professor assumiu, colocou objetivos que estávamos alcançando. Não cabe a mim dizer se foi certa ou errada a saída dele, mas causou surpresa”, revelou.

Após a demissão de René Simões, o auxiliar-técnico permanente, Jair Ventura, assumiu interinamente e esteve à frente do comando do time em três partidas: na vitória sobre o Náutico e nos empates com Bahia e Criciúma. O novo treinador, Ricardo Gomes passa a dirigir o Botafogo a partir desta quarta-feira.

“Ele se apresentou na segunda-feira e na terça participou da preleção, mas sem falar nada. Agora vai dar o seu primeiro treino, ainda não sabemos o que vai implantar”, comentou Willian Arão, que elogiou o trabalho de Jair de Ventura.

“Jair fez um grande trabalho e Ricardo também fará”, finalizou.

Fonte: Gazeta Esportiva