Artilheiro do Carioca Sub-20, promessa se inspira no Fenônemo: ‘Vejo vídeos dele’

Compartilhe:

O prata da casa que vale ouro é do Botafogo. O atacante Vinícius Tanque, de 20 anos, é considerado o terror das defesas adversárias, são 21 gols nesta temporada e artilheiro do Campeonato Carioca Sub-20. O jogador ganhou o apelido de “tanque” devido ao porte físico avantajado. O atleta, no final do ano passado, foi considerado pela empresa portuguesa como uma das joias do futebol brasileiro, mesmo sem nunca ter defendido as seleções de base.

A preocupação da diretoria do Botafogo é tão grande com o assédio de clubes do exterior e empresários, que o jogador teve o contrato renovado até dezembro de 2017. Vinícius Tanque fala do início de carreira, em uma escolinha de futsal, em Queimados, na Baixada Fluminense até ingressar nas divisões de base do Botafogo.

“Cheguei com 15 anos para 16, em 2011, através do processo seletivo em Marechal. Pude dar o meu melhor, gostaram de mim. Tive bastante aprendizado na base, que fez crescer meu futebol. Só tenho que agradecer ao Botafogo por tudo. No começo foi bastante difícil, minha mãe não aceitava, queria que eu estudasse. Graças a Deus eu insisti bastante, e agora estou dando bastante alegria para ela.”

Confira na íntegra

Amigos na base

“Fernandes e Emerson, até hoje são meus melhores amigos no clube, me acolheram.”

Início no futebol

“Jogava futsal na escola, teve um professor que gostou de mim, me levou para o campo, graças a Deus deu fruto. Desde pequeno gostei de fazer gol, atacante é muito cobrado, mas marcar gol tem uma motivação a mais.”

Contato com os profissionais

“É gratificante, é um sonho de criança chegar no profissional. Vou sempre doar o máximo para estar à disposição e ajudar o professor sempre que precisar. Vou continuar dar o meu melhor, trabalhar forte e ajudar o time.”

Multifunção

“O futebol mudou bastante, quanto mais posição jogar é melhor para ajudar a equipe. Na base eu jogava de centroavante, mas já joguei pelos lados também.”

Ídolo

“Ronaldo, por tudo que conquistou. Sempre procuro me espelhar nele nas jogadas, nas finalizações, vejo muitos vídeos dele.”

Cobrança

“Todo jogador que atua em time grande tem uma responsabilidade enorme. Isso é natural, sempre vai ter cobrança.”

Relação com o clube

“Poder estar vestindo a camisa do Botafogo é muito importante, e é gratificante treinar no Nilton Santos. Só tenho que agradecer.”



Fonte: Site da Rádio Tupi
Comentários