Na entrevista coletiva que concedeu neste domingo no CT da CBV, em Saquarema, onda a equipe realiza a pré-temporada, o presidente do Botafogo, Mauricio Assumpção, rebateu as críticas sobre a contratação de Rodrigo Souto. O volante é seu amigo desde os tempos de futebol de praia e irmão do gerente da base, Ney Souto.

– O Rodrigo já passou pelo Vasco, São Paulo, Santos… No São Paulo foi elogiado pelo Rogério Ceni, que disse que ele era um dos mais importantes para o elenco. Não precisa provar nada. Acho uma covardia associar isso. Era mais fácil dizer que contratei o Ney Souto para base porque o Rodrigo estava aqui do que o contrário. As pessoas acham que me ofendem quando falam dos meus amigos da praia, isso é uma perda de tempo. O Sidnei (Loureiro) é meu amigo da praia e olha onde ele está agora. O Ayton Mandarino (gerente comercial) a mesma coisa. O comercial fechou o ano com um percentual de 25% em relação ao ano passado. Qual clube conseguiu isso? Mas as pessoas preferem o lado depreciativo…O Botafogo precisa de um jogador como o Rodrigo no elenco – disse, em declarações reproduzidas pelo site Globoesporte.com.

Fonte: Redação FogãoNET