O presidente do Botafogo, Mauricio Assumpção, viajou nesta terça-feira para Brasília para acompanhar a votação do relatório sobre a proposta do Proforte, programa que permitiria aos clubes parcelar dívidas fiscais e tributárias. Excluído do Ato Trabalhista, o clube vê no programa a chance de desbloquear as receitas, que têm sido 100% penhoradas. A informação é do site Globoesporte.com.

Fonte: Redação FogãoNET