Pela primeira vez na temporada, o Botafogo saiu de campo após noventa minutos sem conseguir balançar as redes do adversário. E a ausência do gol custou um preço caro ao time, que perdeu a vantagem do empate e terá que vencer por dois gols de diferença no próximo domingo para ser campeão do Campeonato Carioca. Trabalho dobrado para o ataque do Alvinegro, que terá uma verdadeira prova na finalíssima.

E a artilharia do Botafogo tem sido bastante democrática. Até o momento, 15 jogadores diferentes marcaram gols na temporada. E é justamente disso que o Alvinegro precisa para levantar a taça no próximo domingo. Por outro lado, o Vasco tem sido uma verdadeira pedra no sapato da equipe, que a ainda não venceu o rival na temporada: um empate e uma derrota.

“Fomos muito bem no jogo. O que aconteceu é que não fizemos o gol. Sempre fizemos, mas não dessa vez. Foram duas bolas na trave e o lance do Bill, que foi inacreditável não ter entrado. Fez tudo certo, esperou goleiro deitar e tocou por cima. Não tinha que ser, paciência. Vamos trabalhar, saio satisfeito”, disse René Simões.

“Pela primeira vez em 20 jogos o Botafogo não fez gol. Jogamos e jogamos bonito. Saio machucado pelo resultado, mas com uma felicidade de ver minha equipe jogando. Tomas entrou e jogou bem: arrumou o meio. Gilberto vem crescendo na consciência do jogo. Mesma coisa o Carleto. Saio feliz pelo desempenho. Time vai evoluir muito mais ainda”, completou o treinador do Botafogo.

No jogo do último domingo, o Botafogo não marcou, mas ficou muito próximo em algumas oportunidades. Logo no início do jogo, Bill cabeceou e Martin Silva defendeu antes da bola bater na trave. Aos 40min do segundo tempo, Willian Arão recebeu na área e chutou forte no travessão, minutos antes de Rafael Silva fazer o único gol do jogo.

Com a vitória, o Vasco poderá empatar no próximo domingo para se sagrar campeão do Campeonato Carioca. Para levantar a taça, o Botafogo precisa de vitória por dois gols de diferença.  Caso triunfe por apenas um, a decisão será decidida nos pênaltis.

Fonte: UOL