Depois de ser punida com duas derrotas pela utilização irregular do zagueiro Nelson Cabrera, a seleção da Bolívia pode perder mais três pontos por conta de outra escalação ilegal. E o atleta em questão é o meia Damián Lizio, do Botafogo. A informação é do jornal chileno La Tercera.

Segundo o regulamento da FIFA, um jogador só pode mudar de nacionalidade para atuar em outra seleção depois de passar cinco anos consecutivos no novo país. Assim como o paraguaio Cabrera, o argentino Lizio só viveu três anos na Bolívia. O meia chegou à Bolívia em 2011 para defender o Bolívar e ficou na equipe até o começo de 2014.

Damián Lizio, que disputou três partidas na Copa América em 2015, participou de quatro jogos nas Eliminatórias, contra Uruguai, Venezuela, Paraguai e Colômbia. O duelo contra a seleção venezuelana, no dia 12 de novembro de 2015, acabou com vitória dos bolivianos por 4 a 2 e foi o único que a Bolívia somou pontos.

Por isso, a Federação Venezuelana já planeja pedir a suspensão desse confronto. Caso seja punida mais uma vez, a Bolívia vai para a lanterna da competição, com um ponto, enquanto a Venezuela chegará aos cinco.

Fonte: Fox Sports