Atuações: Ganso e Aloísio vão bem no São Paulo; Dória, do Botafogo, é o pior

Compartilhe:

Header Sao Paulo (Foto: Infoesporte)

ROGÉRIO CENI – GOLEIRO
Não teve culpa no gol e ainda fez duas boas defesas no primeiro tempo.
Nota: 6,5

PAULO MIRANDA – LATERAL-DIREITO
Zagueiro de origem, foi mal quando passou o meio de campo para atacar. Na defesa, não comprometeu.
Nota: 6,0

RODRIGO CAIO – ZAGUEIRO
Bem no ataque ao desviar de cabeça para Aloísio marcar. Mal na defesa ao permitir que Elias se desmarcasse para empatar.
Nota: 5,5

ANTÔNIO CARLOS – ZAGUEIRO
Não cometeu os erros grosseiros de outros jogos. Acertou o travessão no segundo tempo.
Nota: 6,0

REINALDO – LATERAL-ESQUERDO
Com Hyuri naquele lado, jogou defensivamente e praticamente não chegou ao ataque.
Nota: 6,0

DENILSON – VOLANTE
Continua muito vulnerável na marcação. Deixou Rafael Marques livre para cabecear no lance que originou o gol do Botafogo.
Nota: 5,0

MAICON – VOLANTE
Acertou alguns bons passes no ataque, mas também errou bastante na marcação e saiu no intervalo. Acabou substituído.
Nota: 5,5

WELLINGTON – VOLANTE
Entrou no lugar de Maicon no intervalo e melhorou a proteção à zaga.
Nota: 6,0

DOUGLAS – MEIA
Fez o de sempre: correu, foi voluntarioso, mas pouco produziu para o time jogando como um meio-campista pela direita.
Nota: 5,5

OSVALDO – ATACANTE
Ocupou a posição de Douglas apenas nos dez minutos finais da partida.
Sem nota.

PAULO HENRIQUE GANSO – MEIA
Melhora a cada partida. Com passes precisos, foi o responsável por boa parte das jogadas de perigo. Quase fez um gol antológico no segundo tempo.
Nota: 8,0

ALOÍSIO – ATACANTE
Muito boa atuação na etapa inicial, quando fez um gol com oportunismo. Caiu de rendimento no segundo. Deu lugar a Luis Fabiano.
Nota: 7,5

LUIS FABIANO – ATACANTE
Foi a campo na vaga de Aloísio, mas não teve chances para marcar.
Nota: 6,0

ADEMILSON – ATACANTE
Muito rápido, soube aproveitar o espaço dado pelo Botafogo e infernizou a defesa. Faltou tranquilidade para finalizar.
Nota: 7,0

Header Botafogo (Foto: Infoesporte)

JEFFERSON – GOLEIRO
Não teve culpa no gol. Boas defesas, evitou que o São Paulo ampliasse. Muito seguro.
Nota: 7,0

EDILSON – LATERAL-DIREITO
Desarmado com facilidade no campo de ataque, tornou o lado direito do Botafogo praticamente inativo durante todo o jogo.
Nota: 5,5

DANKLER – ZAGUEIRO
Sentiu a pressão nos minutos iniciais, mas evoluiu ao longo da partida. Não brincou em serviço.
Nota: 7,0

DÓRIA – ZAGUEIRO
Fora de ritmo no jogo. Bateu cabeça com o companheiro de defesa em diversas oportunidades.
Nota: 4,5

JULIO CESAR – LATERAL-ESQUERDO
Colaborou pouco no ataque e sofreu na recomposição defensiva. Faltou agilidade.
Nota: 5,0

GABRIEL – VOLANTE
Ficou escondido no meio-campo. Movimentou-se bastante, mas não participou da maioria das jogadas.
Nota: 6,0

RENATO – VOLANTE
Foi escalado como arma para melhorar a criação, mas não rendeu o esperado. Pouco ajudou na marcação também. Acabou substituído.
Nota: 5,5

MARCELO MATTOS – VOLANTE
Entrou para corrigir a marcação no meio-campo. “Desafogou” o Botafogo, que era pressionado, na medida do possível.
Nota: 6,0

HYURI – MEIA
Completamente sumido. Apareceu somente errando passes. Parecia não entender o posicionamento correto da equipe. Saiu para a entrada de Lodeiro.
Nota: 5,0

LODEIRO – MEIA
Entrou somente na parte final da partida, mas mostrou qualidade. Se tivesse mais tempo, poderia ajudar.
Nota: 6,5

SEEDORF – MEIA
Comandou a criação e fez bela cobrança de falta no lance do gol, mas caiu no segundo tempo e perdeu a chance da virada.
Nota: 6,5

RAFAEL MARQUES – ATACANTE
Fez falta infantil que resultou no gol do São Paulo, mas se esforçou, dando assistência para o empate do Botafogo.
Nota: 6,0

ELIAS – ATACANTE
Foi esperto no lance do gol. Incomodou a defesa adversária enquanto pôde. Deu lugar a Bruno Mendes.
Nota: 6,5

BRUNO MENDES – ATACANTE
Entrou em lugar de Elias e foi pouco acionado, foi bem neutralizado pela zaga do São Paulo. Oportunidades escassas.
Nota: 6,0



Fonte: Globoesporte.com
Comentários