Atual titular do Botafogo, Gabriel vence Renato na maioria dos números, exceto cartões

Compartilhe:

A diferença tática de Renato e Gabriel é inegável. Se por um lado o camisa 8 é mais experiente e cadencia mais o jogo, por outro o garoto dá mais dinâmica ao meio de campo e também tem qualidade com a bolas nos pés. Ultimamente, o segundo tem sido o preferido do técnico Oswaldo de Oliveira, até mesmo por conta dos números.

Nos desarmes, o garoto leva vantagem de 3,2 por jogo sobre 1,2 do companheiro. A estatística acaba refletindo no número de faltas de cada um. Até agora, em 20 jogos, Gabriel fez 43 faltas com média de 2,2. Enquanto isso, Renato fez apenas nove faltas na competição e tem média de 0,5 por partida.

Olhando estes números o torcedor imagina que Renato sobressaia mais na técnica do que na vontade, enquanto Gabriel seria o contrário. Entretanto, até mesmo no número de passes certos o camisa 15 leva vantagem. São 37 por jogo neste fundamento para o jovem e 28,2 para o mais experiente. Porém, a maior diferença entre os dois jogadores se dá no número de cartões recebidos. Enquanto Renato ainda não foi nem sequer amarelado no Brasileiro, Gabriel já cumpriu suspensão pelo terceiro cartão três vezes.

Pautado, provavelmente, nesses números, o técnico do Glorioso, Oswaldo de Oliveira escalou Gabriel diante do Atlético-MG, no último fim de semana. Agora, a tendência é que ele permaneça dono do posto por algum tempo. Entretanto, é bom não descartar Renato até o fim do ano.

Fonte: Lancenet!

Comentários