O Botafogo não terá o meia João Paulo para o jogo com o Corinthians, neste sábado, em São Paulo. Além da natural dor de cabeça para pensar no substituto do camisa 8, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo contra o Athletico-PR, Barroca terá de encontrar uma forma de não prejudicar a distribuição de jogadas da equipe. João Paulo é o campeão em assistências que resultaram em finalizações da equipe, uma delas para o gol de Alex Santana contra o Avaí na 13ª rodada. Em treze jogos, foram 15 acertos no fundamento, à frente de nomes como Diego Souza, Gilson e Marcinho. O jogador de 28 anos também tem a melhor média de passes certos da equipe no Brasileirão, com um índice de 90,5% de acertos, segundo o site Footstats.

A suspensão interrompe a ascensão no meia na atual temporada, depois da fratura na perna direita em 2018, que o deixou fora praticamente de toda a temporada do ano passado. O gaúcho chegou à General Severiano em 2017 e foi presença constante no time comandado por Jair Ventura, que chegou às quartas de final da Libertadores, naquele ano.

Em 2019, depois de recuperação da cirurgia, o meia tem sido um dos homens de confiança de Barroca e já atuou em 13 partidas, das 14 disputadas no torneio nacional.  Os companheiros de equipe também têm em João Paulo uma referência dentro de campo. Em coletiva de imprensa, nesta quarta-feira, antes do treino, o lateral-esquerdo Gilson confirmou que o elenco deve sentir a ausência da liderança do colega.

– Toda perda que temos no grupo nós sentiremos falta. João Paulo é importante, um dos líderes do grupo, tem muita qualidade, mas temos outros atletas de muita qualidade que com certeza vão dar conta do recado. Vamos buscar fazer um ótimo jogo com esses atletas – disse Gilson.

Outros problemas

Além de João Paulo, suspenso, o Botafogo não terá o volante Jean, por questões contratuais. O jogador está emprestado ao Alvinegro pelo clube paulista até o fim do ano e não foi liberado. Já Alex Santana, desfalque contra o Athletico-PR, no domingo, por uma lesão na coxa direita, segue em recuperação, com a situação indefinida. Por outro lado, o Botafogo terá a volta do zagueiro Gabriel, que cumpriu suspensão automática.

Para a vaga de João Paulo, o técnico Eduardo Barroca tem como opções Alan Santos, Léo Valencia e Wenderson. O trio atuou em bem menos partidas na temporada e têm números mais modestos que o titular. Santos e Wenderson fizeram apenas uma partida cada e têm índice de passes certos de 23 e 13, respectivamente. Já Valencia tem média de nove passes certos, em um total de quatro partidas disputadas.

Botafogo e Corinthians se enfrentam no sábado, às 17h, em Itaquera, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro é sétimo colocado na tabela, com 22 pontos, enquanto o Timão é sexto, com 24.

Fonte: Terra