Rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro, mais de 20 jogadores mandados embora e outros 13 contratados. A série de fatores fez com que o Botafogo iniciasse o Campeonato Carioca como azarão. O Flamengo manteve a base e se reforçou, o Fluminense renovou com os medalhões e o Vasco vem embalado após retornar à elite. Em campo, no entanto, a história tem sido diferente.

Após seis rodadas, o Botafogo, com 16 pontos, é o líder absoluto do Campeonato Carioca, com dois a mais que Flamengo, Vasco e Volta Redonda, com 14. Mais que isso, o Alvinegro, junto com o Rubro-negro, é a equipe que mais fez gols no Estadual: 15, com média de 2,5 por jogo.

E a defesa também vai bem. Com apenas três gols sofridos até o momento, o Botafogo só fica atrás do Vasco, com dois. Liderado pelo goleiro Jefferson, o Alvinegro tem mostrado consistência, apesar de mostrar alguns problemas durante os jogos. O mais claro é a dificuldade contra equipes velozes, como foi contra o Nova Iguaçu.

“É uma resposta boa, mas temos que nos preocupar com o que nós estamos fazendo. A diretoria e a comissão técnica estão realizando um trabalho excepcional, o importante é isso, preparar bem a equipe para a Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro Série B”, disse o gerente de futebol do Alvinegro, Antônio Lopes.

“René está trabalhando bem. Acho que a equipe está indo bem no aspecto tático. O time tem um padrão de jogo, sabe como jogar, é bem organizado, tem um bom sistema de marcação. A equipe trabalha com muita velocidade, toca bem a bola, deixa pouco espaço para o adversário jogar. A parte tática está muito boa, tem que continuar esse trabalho que a comissão técnica está fazendo para a equipe evoluir cada vez mais”, completou o dirigente.

O Botafogo volta a campo neste domingo, ás 17h, quando medirá forças com o Flamengo, no Maracanã. O Rubro-negro, no entanto, tem um compromisso contra o Brasil de Pelotas nesta quarta, pela Copa do Brasil. Com 16 pontos, o Alvinegro é o líder do Carioca e o rival é o vice-líder, o que deixa a partida do fim de semana ainda mais decisiva.

Fonte: UOL