A forte discussão entre Gilson e Cicero no segundo tempo chamou a atenção de quem acompanhou a derrota do Botafogo para o Corinthians por 2 a 0 neste sábado, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro.

Os dois tiveram de ser contidos pelos zagueiros Marcelo Benevenuto e Gabriel e receberam a repreensão do árbitro Rafael Traci. Porém, tudo já foi resolvido, segundo o técnico Eduardo Barroca.

– Os ogadores se cobraram ali, mas está tudo resolvido, já conversaram, é coisa de jogo. Precisamos é tirar as lições coletivas e individuais do jogo de hoje para levar para o jogo contra a Chapecoense – afirmou Barroca, descartando qualquer tipo de punição aos atletas.

O Botafogo volta a campo no dia 26 para enfrentar a Chapecoense, no Estádio Nilton Santos.

Fonte: Redação FogãoNET