Barroca revela que indicou Babi ao Botafogo em 2016, elogia Autuori e torce por sucesso

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Eduardo Barroca pediu Leandro Damião, Wellington Paulista ou Roger para diretoria do Botafogo em 2019
Vítor Silva/Botafogo

Técnico do Botafogo sub-20 campeão brasileiro e carioca em 2016, Eduardo Barroca indicou Matheus Babi, então atacante de 18 anos do Macaé, à época. Porém, a contratação não foi concretizada. A informação foi revelada pelo treinador ao “Canal do TF”, neste sábado.

A indicação foi após empate em 3 a 3 entre Botafogo e Macaé, pela Taça Rio sub-20 de 2016.

Barroca, que foi técnico do profissional do Botafogo em 2019, elogiou Matheus Babi pela qualidade e Paulo Autuori por extrair o máximo do jogador. O treinador, que estava no Coritiba, torce pelo sucesso do centroavante no clube alvinegro.

– Tem que dar o mérito grande ao professor Paulo Autuori e toda sua equipe de trabalho porque identificaram o talento, levaram para o clube e obviamente desenvolveram o jogador para estar nesse nível – disse Barroca.

– Em 2016, pelo sub-20 do Botafogo tive oportunidade de jogar contra o Babi, em um jogo contra o Macaé. Ele se destacava, chamava muita atenção por ser um jogador grande, com uma bola aérea acima do normal para a idade. Um jogador com ótima velocidade e bom poder de finalização. Na época, conversamos com a direção do Botafogo para tentar trazê-lo, mas não foi viável administrativamente e financeiramente. Agora, fico muito feliz de vê-lo performar bem nesse primeiro momento com a camisa do Botafogo. Evidente que os méritos também têm que ser dados ao professor Autuori, que deve ter dado muita informação e confiança ao jogador. Um jogador com um potencial grande trabalhando com um dos melhores profissionais do país, naturalmente vai trabalhar em crescimento o tempo todo. Fico feliz com isso. Quem ganha é o Botafogo. Fico na torcida para que dê tudo certo – completou.

Veja o vídeo do Canal do TF:

Fonte: Redação FogãoNET e Canal do TF

Notícias relacionadas