Eduardo Barroca assumiu o Botafogo sob pressão por conta dos resultados ruins no Carioca e na Copa do Brasil, ainda com Zé Ricardo. Inicialmente, o treinador destacou que seus primeiros jogos seriam baseados em conquistar resultados a curto prazo, justamente para tirar o peso nas costas da equipe. Quinze rodadas disputadas depois, o treinador tem a meta de conquistar 75% dos pontos possíveis no fim do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

O treinador dividiu o Campeonato Brasileiro em quatro ciclos. Em entrevista exclusiva ao LANCE!, ele afirmou que o primeiro destes teve fim com a chegada da Copa América, na derrota por 1 a 0 para o Grêmio, na nona rodada. O ciclo seguinte foi iniciado no empate sem gols diante do Cruzeiro e vai até o compromisso contra o Ceará, no Castelão, no dia 14 de setembro, pela 19ª rodada, a última do primeiro turno.

O Botafogo terminou o primeiro ciclo com 15 pontos conquistados, ocupando a sétima colocação na classificação à altura da nona rodada da competição. A posição, longe do rebaixamento e perto do pelotão dos seis primeiros colocados, bate, em partes, com o objetivo que Eduardo Barroca trabalha com o elenco: colocar o Botafogo na próxima Taça Libertadores.

A ideia do treinador, portanto, é, pelo menos, igualar a pontuação conquistada no primeiro quarto do campeonato. Eduardo Barroca trabalha com o planejamento de terminar o turno inicial com 30 pontos. O Botafogo, até aqui, conquistou 22 – ou seja, o comandante trabalha com a meta de fazer mais oito pontos nos últimos quatro compromissos da primeira metade do torneio.Oito dos últimos 12 pontos conquistados. Em tese, uma missão difícil, já que o Botafogo possui um aproveitamento de 48.9% no Campeonato Brasileiro, na nona posição. O Corinthians, primeiro clube no G6, está com 27. Caso o objetivo seja cumprido, o Glorioso terminará o primeiro turno com 30 pontos, que seria a melhor marca do Alvinegro desde o Brasileirão de 2013, quando a equipe terminou a primeira metade do torneio com 36 pontos.

A sequência da audaciosa meta de Eduardo Barroca começa na próxima segunda-feira, em duelo contra a Chapecoense, no Estádio Nilton Santos. Depois, o Botafogo enfrentará o Internacional, no Beira-Rio; Atlético-MG, em seus domínios; e Ceará, na Arena Castelão.

Desempenho no Botafogo até o fim do primeiro turno na década:

Brasileirão 2011 – 34 pontos (5º colocado)
Brasileirão 2012 – 28 pontos (8º colocado)
Brasileirão 2013 – 36 pontos (2º colocado)
Brasileirão 2014 – 22 pontos (14º colocado)
Brasileirão 2016 – 23 pontos (13º colocado)
Brasileirão 2017 – 25 pontos (11º colocado)
Brasileirão 2018 – 22 pontos (12º colocado)

Fonte: Terra