O Botafogo voltou de São Paulo com uma ótima vitória sobre o Franca, treinou dois dias em General Severiano e já voltou à terra da garoa. Nesta quinta-feira, o time terá pela frente o Bauru, no Ginásio Panela de Pressão, às 19h, pela terceira rodada do NBB. A partida será transmitida pelo Facebook.

No jogo de abertura do NBB, o Alvinegro perdeu seu armador Henrique Coelho e viajou para Franca com dúvidas. Campeão paulista e invicto há sete confrontos até então, a equipe da casa despontava como favorita, mas, quando a bola subiu, o cenário foi outro. Contando com a estreia de Murilo Becker e atuações inspiradas de Jamaal, Ralfi e Cauê, o Glorioso deu ótima resposta, venceu e subiu para a 5ª posição da tabela. Fundamental na armação do time, Léo Figueiró projetou os próximos passos do seu time no campeonato e o duelo contra o Bauru.

FRANCA

– Foi um jogo difícil, fora de casa, contra o atual campeão paulista e uma vitória muito importante. Também serviu como uma forma de homenagear o Coelho, que vinha sendo uma grande liderança dentro e fora de quadra. Ele é um cara pra cima e a gente vem sendo bem positivo com ele, motivando e mostrando que cada um vai se doar um pouco mais para suprir essa ausência.

EXPECTATIVA

– Sempre falamos que nosso time é super competitivo e tem condições de ganhar qualquer adversário. Não podemos prometer título, mas vamos brigar jogo a jogo para fazer um grande NBB e temos capacidade para isso. Essa é a edição mais disputada de todos os anos e o início já vem dando mostras do que está por vir. Nossos jogadores já sentiram como precisam se comportar para ganhar jogos deste calibre, estão mais confiantes e no caminho certo.

DESAFIOS

–  Acho que existem dois pontos importantes para superá-los: pés no chão e respeito sem medo. Nossos atletas precisam entender que não se vence equipes como Franca e Bauru de qualquer forma, apenas com entrega total, muito foco, energia e intensidade. E não devemos temer porque mesmo diante de grandes equipes, jogadores consagrados e excelentes treinadores, também temos nossas armas e vamos atirar.

MURILO

–  Já acrescentou demais no dia a dia da equipe como um todo. Além de ser um jogador com uma qualidade técnica brilhante, tem uma postura extremamente profissional. Ter um cara desse com certeza vai influenciando positivamente todo grupo. Ele já entrou no último jogo e foi determinante para fechar nossa vitória.

CARTAS NA MANGA?

– Sempre temos. Estudamos os jogadores e os times para surpreender de alguma forma dentro de cada ocasião. O Jece, meu assistente, passa todas as informações do que vamos enfrentar em questões técnicas e táticas. Depois, a gente vai adaptando de acordo com o ponto forte dos nossos atletas. Também contamos com o trabalho do Pelé, fisioterapeuta, e do Pedro, preparador físico, para saber o que podemos exigir em quadra, dentre outros que também fazem parte da nossa equipe de trabalho. Todos são fundamentais!

Fonte: Site oficial do Botafogo