O Botafogo enfrenta o Internacional, no Maracanã, e seu novo técnico, Vagner Mancini, deve lançar pela primeira vez o ataque formado por Emerson “Sheik” e o paraguaio Pablo Zeballos. Ao menos na teoria parece uma evolução considerável em relação à formação antiga, com Wallysson e Ferreira. O Glorioso, entretanto, continua a sentir muito a falta de Seedorf, no meio.

Se Jorge Wagner e Lodeiro não começarem a jogar bola, será difícil o time engrenar, pois o meio-campo se mostra incapaz de municiar os jogadores de frente. Uma boa vitória logo mais é importante para serenar os ânimos alvinegros, que andam exaltados pelos salários atrasados e os fracassos do time no Estadual e na Libertadores.

Fonte: Blog do Renato Mauricio Prado - O Globo Online