O Botafogo de Eduardo Barroca começa a ganhar forma e conteúdo.

E, o que é melhor, sem abandonar a filosofia de jogo de construção ofensiva com a posse bola em troca de passes.

Na goleada de 4 a 0 sobre o Sol da America, no Nilton Santos, valendo vaga na oitavas da Sul Americana, o time foi mais uma vez o dono das ações.

E funcionou muito bem, defensiva e ofensivamente, com uma trinca de volantes e outra de atacantes.

Cícero, Alex Santana (Gustavo Bochecha) e João Paulo garantiram sustentação ao sistema defensivo.

E conseguiram, sem muito sofrimento, fazer a bola chegar ao trio ofensivo Luiz Fernando, Diego Souza e Eric.

Os laterais Fernando e Gílson pareceram mais seguros para as ultrpassagens e o resultado foi um coletivo mais intenso em termos ofensivos.

Foi a quinta vitória em oito jogos sob o comando do treinador e isso, aos poucos, desfaz o pessimismo da má campanha no Estadual.

O time chega motivadíssimo para o clássico de domingo, contra o Vasco, em seu campo, no Nílton Santos, pela sexta rodada do Brasileiro.

Fonte: Blog do Gilmar Ferreira - Extra Online