Botafogo e Vasco seguem dando vexame no campeonato brasileiro.

Difícil saber quem anda pior. Botafogo e Vasco agonizam.

Em Maceió, o Botafogo foi presa fácil para o modesto CRB. O time jogou muito mal novamente e foi merecidamente derrotado. A segunda seguida.

A sorte, não se saber até quando, continua do lado alvinegro, caso contrário a equipe certamente não estaria mais entre os 4 primeiros. Se o Botafogo não faz a parte dele, os adversários diretos ajudam e também tropeçam.

O que era dado como certo nas primeiras rodadas da série B, hoje virou uma verdadeira incógnita. O Botafogo vive dias de incerteza. O time é fraco, Ricardo Gomes não acerta a mão, não mostra poder de reação e o acesso anda ameaçado. A pressão aumenta a cada derrota. A cobrança idem.

Tragédia maior vive o Vasco.

Os jogadores não podem reclamar da falta de apoio. Quase 20 mil torcedores foram ao Maracanã na esperança que o time pudesse repetir pelo menos o empenho demonstrado diante do Flamengo.

O gol no fim, uma triste rotina, selou a inaceitável décima quarta derrota no campeonato.

Pior defesa e ataque da competição.

Jorginho fala em reação, diz que não joga a tolha, mas o que se vê é um time cada vez mais entregue e consciente de que o rebaixamento é inevitável.

Diferente do Botafogo, no caso do Vasco, os concorrentes diretos estão pontuando e a distância para o primeiro time fora da zona do rebaixamento aumenta a cada rodada.

O Vasco está mais para a segundona do que o Botafogo para a primeira.

Não será surpresa nenhuma porém ver os dois juntos em 2016 na série B.

O Botafogo, que não faz questão se subir, dá indícios de que espera o Vasco de braços abertos.

Fonte: Blog do Bruno Voloch - Yahoo