Amigos alvinegros,

O próximo treinador do Botafogo vai chegar com a casa arrumada, uma vez que o técnico Oswaldo de Oliveira fez um grande trabalho de garimpar e revelar talentos no elenco. Agora, cabe a diretoria fazer a escolha certa, já sabendo que é preciso dar continuidade ao que foi construído até aqui, com uma filosofia de dar espaço para os meninos da base.

Autuori, preferido da diretoria, não fez bons trabalhos nas suas passagens recentes por Vasco e São Paulo, mas traz ótimas recordações à torcida, além de ter uma boa relação com o clube.

Eduardo Hungaro, ex-auxiliar de Oswaldo e funcionário do Botafogo, é o nome em questão para caso o clube não conquiste a tão sonhada vaga na Libertadores. O nome do treinador pode não ser conhecido da maioria da torcida, mas ele já conhece muito bem os jogadores, o que pode ajudar muito num ano de poucos recursos, como deve ser em caso de vitória da Ponte Preta na final da Sul-Americana.

Independentemente do nome a ser escolhido, a direção precisa ter consciência da importância do novo treinador. Último ano da administração Mauricio Assumpção, 2014 pode ser um divisor de águas na história do Glorioso.

Fonte: Blog Ninguém Cala - Lancenet!