Blog: ‘Com saída de Vitinho, Botafogo é maior vítima da janela’

Compartilhe:

A decisão de Vitinho de aceitar a proposta do  CSKA e rumar para o futebol russo faz do Botafogo a maior vítima do êxodo, que voltou a atormentar o Campeonato Brasileiro. O Botafogo já tinha perdido Andrezinho, Fellype Gabriel e Jádson. Agora, tem tudo para perder Vitinho, que julga a proposta do CSKA irrecusável, embora não tenha ainda sacramentado sua transferência para o futebol da Rússia.

Em 2003, houve 60 jogadores que iniciaram o Campeonato Brasileiro e se transferiram para o exterior. O número caiu para 20, em média, nos últimos cinco anos. Hoje, são 23 (veja lista abaixo).

O Botafogo é a maior vítima. 

A inversão do calendário para adaptá-lo ao futebol europeu é a única saída. Não uma solução completa. Inverter o calendário não solucionaria o problema, mas atenuaria o efeito do êxodo no Campeonato Brasileiro, o mais importante do país. Ou seja, o campeonato começaria depois das transferências. Candidatos ao título não perderiam craques fundamentais.

O Botafogo está perdendo. Está perdendo um pouco da sua condição de candidato ao título e à vaga na Libertadores.

QUEM JÁ FOI EMBORA?

BOTAFOGO – Fellype Gabriel (Sharjah-EAU), Jádson (Udinese), Andrezinho (Tiajin-China), Vitinho (CSKA)

CORINTHIANS – Paulinho (Tottenham – 20 milhões de euros)
CRUZEIRO – Diego Souza (Metalist, da Ucrânia)
FLUMINENSE – Wallace (Chelsea), Wellington Nem (Shakhtar Donetsky), Thiago Neves (Al Hilal-Arábia)
GRÊMIO – Fernando (Shakhtar Donetsky, 12 milhões de euros), André Santos (Arsenal), Bertoglio (Dínamo Kiev)
INTERNACIONAL – Rodrigo Moledo (Metalist), Fred (Shakhtar Donetsky)
SANTOS – Neymar (Barcelona, 28 milhões de euros), Felipe Ânderson (Lazio, R$ 11,3 milhões), João Pedro (Estoril), Paulo Henrique (Rio Ave), Rafael (Napoli, R$ 10 milhões)
SÃO PAULO – Paulo Miranda (Olympique de Marselha)
VASCO – Romário (Arouca-Portugal), Éder Luís (Oriente Médio)
VITÓRIA – Gabriel Paulista (Villarreal)



Fonte: Blog do PVC - ESPN Brasil
Comentários