Bem, diabinhos. A sede do Botafogo em General Severiano voltou a viver momentos épicos: 15 seguranças particulares e duas viaturas da PM protegeram o palacete de um ataque de vândalos travestidos de botafoguenses. Mas não evitaram uma chuva de ovos, acompanhada por gritos de guerra contra o presidente Maurício Assumpção. Houve ainda um desfile de faixas: ‘Mais profissionais e menos amigos na comissão técnica’, ‘Copa do Brasil é obrigação’ e ‘Exigimos reforços’. Sambarilove.

Fonte: Blog do José Roberto Malia - ESPN.com.br