Rodrigo Lindoso se engana redondamente. O Botafogo começou a pensar na possibilidade de vencer o Flamengo quando o técnico Alberto Valentim, humildemente, se rendeu ao óbvio.

O treinador, diferente de boa parte dos que andam por aí, não morreu abraçado as suas convicções.

Alberto Valentim deixou de lado a vaidade e resgatou Carli. Os 5 gols sofridos contra Vasco e Fluminense serviram como aprendizado.

Não que Carli seja o melhor zagueiro do mundo. Não que o Botafogo tenha vencido por causa dele. Mas no Botafogo ele joga fácil. Não poderia nunca ser banco.

O importante é que Valentim cedeu na hora certa.

O Botafogo foi além e acabou contrariando a tudo e a todos. Os jogadores acreditaram bem mais do que a torcida, algo natural depois dos 3 a 0 do domingo passado.

Aquela coisa de raça, amor e paixão, ecoada do outro lado, foi vista em preto e branco. E com sobras.

Fonte: Blog do Bruno Voloch - Gazeta Esportiva