Fala, rapaziada alvinegra!

A capacidade técnica e de decisão que tem Diego Forlán é inegável. Mas, se fechar com o Botafogo, qual uruguaio vai desembarcar no Rio de Janeiro? O craque da Copa do Mundo de 2010 ou o inconstante do Internacional de 2013? Contratá-lo é um risco, cabe à diretoria saber se vale apostar nele.

Se voltar aos grandes momentos, Forlán é um dos jogadores mais importantes do futebol brasileiro. Seria peça fundamental para o Botafogo na Libertadores, me arrisco a dizer que viraria até mesmo a referência ofensiva. Entretanto, se não vingar, pode ser um peso enorme para a folha salarial do clube. Vide o que acontece hoje com o Internacional.

Na minha opinião, que não necessariamente é a mesma da diretoria alvinegra, vale o risco.  Se Forlán não for mais craque, não o vejo sendo pior que Henrique ou Sassá. Esse pode ser o grande ano da história do Botafogo, vale arriscar um pouco mais!

Fonte: Blog Ninguém Cala - Lancenet!