Mais uma rodada do Campeonato Brasileiro marcada por “equívocos” de arbitragens favoráveis a clubes paulistas.

Da expulsão precipitada de Leonardo Moura, na derrota do Flamengo para o Corinthians, com critério discutível e desigual na aplicação do cartão vermelho, à infração inexistente no lance que originou o gol do São Paulo no empate em 1 a 1 com o Cruzeiro.

Duas partidas decididas com “erros” de arbitragem na primeira rodada, duas outras na segunda, e assim vamos nós achando que o problema é a falta de recursos tecnológicos, à velocidade do jogo, à cegueira dos apitadores.

Afinal, quem não se equivoca, não é mesmo?

Fonte: Blog do Gilmar Ferreira - Extra Online