Blog: ‘Mulher de Oswaldo tinha razão e sonho de G-4 está cada vez mais distante’

Compartilhe:

Depois do chocolate de ontem do Flamengo sobre o Botafogo, 4 a 0, ecoaram pelo Maracanã os pitacos sombrios da atriz Jeniffer Setti, dados quando o alvinegro ainda liderava o Campeonato Brasileiro.

Sim, hoje não há mais dúvida de que a mulher do técnico Oswaldo de Oliveira tinha razão. O time foi humilhado e deixou a Copa do Brasil. No Brasileiro, ladeira abaixo, o sonho só alcança uma vaga na Libertadores, meta cada vez mais distante.

Tudo bem que o Flamengo jogou muito. Jayme chamou o adversário, para fulminá-lo em contra-ataques. Investiu no setor direito da defesa botafoguense, escalando Paulinho para atacar daquele lado. Com três dos quatro gols, Hernane mostrou-se soberbo. Time de massa é assim: quando cresce no mata-mata, fica difícil pará-lo.

Mas o espetáculo rubro-negro não explica sozinho o fiasco botafoguense. Para entender o retrocesso, basta ler o que Jeniffer escreveu no Facebook, no começo de agosto: “Botafogo líder do campeonato! Sem salários, sem Engenhão, sem jogadores, sem o apoio da torcida, sem o puxa-saquismo da imprensa e sem jogadores! Está na hora de essa torcida parar de reclamar e engolir suas murmúrias. Pronto, falei. Oswaldo, meu amor, parabéns pelo seu talento e coragem para passar por cima de tudo isso com humildade e paciênciaaaaaaaaa. Aff, pronto, falei!”.

Ela disse mais: ““Seedorf é um craque que não vai aguentar o pique.” “Jogadores não se concentram porque não recebem há meses.” Mencionou “todo esse desajuste” do clube.

À época, a mulher do Oswaldo foi muito contestada. Alguém ainda discorda dela?

Fonte: Blog do Mário Magalhães - UOL

Comentários