Jefferson, Régis Souza, Dankler, Rodrigo Souto e Junior Cesar; Andreazzi (Aírton), Gabriel, Bolatti (Ramirez) e Carlos Alberto; Rogério (Jobson) e Murilo. Besteira, portanto, à esta altura do campeonato, supor que este remendado Botafogo desbancasse o virtual campeão em seus domínios.

Seria admitir o improviso, acreditar no acaso.

O time, ou algo próximo disso, fará agora três jogos diante de sua torcida. Não custa torcer…

Fonte: Blog do Gilmar Ferreira - Extra Online