A temporada enfim terminou. Campeão carioca e quarto colocado do Campeonato Brasileiro, o Botafogo viveu o melhor ano desde 1995. É pouco para uma instituição do tamanho do Glorioso, mas é um fato que merece ser enaltecido.

O treinador, há dois anos no cargo, é de longe o principal responsável por isso. Soube enriquecer pontualmente o elenco de 2012 para 2013, mas sofreu com a má gestão de quem estava acima dele. Jogadores fundamentais deixaram o clube, pondo o trabalho, que merece ser coroado com a vaga na Libertadores, em risco.

Por tudo o que foi feito durante esta temporada, a equipe não precisava depender de uma final entre Lanús e Ponte Preta. O voo poderia ser mais alto. Porém, diante de tantos obstáculos, a torcida deve reconhecer o esforço de um time que honrou a camisa e fez o que pôde.

Fonte: Blog Ninguém Cala - Lancenet!