A dor de Bochecha, no sábado, foi sentida não só pelo jogador. Aos 16 minutos da partida de estreia do volante pelo time profissional, ele precisou deixar o campo. O diagnóstico inicial era de uma torção no joelho direito. Mas o atleta vai ser submetido a um exame nesta terça-feira, quando o inchaço do local já deve ter diminuído, para melhor avaliação do problema a ser tratado.

No momento, houve a necessidade do uso de muletas, inclusive. E o jogador admitiu, ainda no sábado, a frustração por ter durado tão pouco a primeira participação dele pelo time principal.

– A dor é muito grande. Eu esperava muito por essa oportunidade e infelizmente acabei me lesionando em um lance sozinho. Agora é torcer para não dar nada para, se Deus quiser, estar de volta. Quando eu fui marcar, já senti o meu joelho estalando – afirmou, antes de concluir:

– Tentei voltar porque acho que era a oportunidade da minha vida, o meu primeiro jogo como profissional. Mas agora é cuidar para voltar logo – disse ao canal por assinatura SporTV.

Inscrito no Campeonato Carioca, mas não na Copa Libertadores, Bochecha tem ainda a forte concorrência na posição como adversária: Airton, Bruno Silva, Dudu Cearense, Rodrigo Lindoso e Matheus Fernandes são alguns dos principais concorrentes.

Fonte: Terra