Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Taça Rio

22/05/21 às 15:05 - São Januário

Escudo Vasco
VAS

X

Escudo Botafogo
BOT

Taça Rio

16/05/21 às 11:05 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Vasco
VAS

Taça Rio

09/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Nova Iguaçu
NOV

0

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Bolívar chama a torcida e projeta voltar à liderança isolada

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

O jogo desta quinta-feira, com o Internacional, no Maracanã, é importante para o Botafogo e especial para Bolívar. Afinal, o adversário é seu ex-clube, onde ganhou títulos expressivos e projeção na carreira. O zagueiro admite o grande carinho, mas não desvia o foco de conquistar os três pontos.

“É um jogo especial, importante, por tudo que vivi dentro do Internacional. Foram sete anos de muitas conquistas e muito amigos. Mas isso é até o apito inicial. Estou defendendo as cores do Botafogo, a gente vem em grande momento e pode voltar à liderança isolada”, destaca Bolívar, que convoca a torcida alvinegra.

“O torcedor vem nos ajudando e o número está aumentando a cada jogo. Pedimos essa harmonia e chamamos o torcedor, é um momento importante da competição, contra um grande adversário e com chance de liderança. Jogamos três partidas no Maracanã e estamos nos sentindo muito bem neste estádio. Temos atuado bem, esperamos manter a regularidade”, acrescentou.

De volta à equipe após cumprir suspensão diante do Goiás, Bolívar é um dos jogadores do Botafogo que mais atuou em 2013. Ele brincou com a situação e contou o segredo da regularidade.

“Estou igual ao vinho, quanto mais velho, melhor fica. Sou um jogador que consigo manter regularidade, tenho poucos lesões, me dedico nos treinos me controlando, sabendo dosar. É a fórmula ideal para jogar muitas partidas sem se lesionar”, explica.

O Botafogo, porém, terá os desfalques de Jefferson, Lodeiro (servindo suas seleções) e Gilberto (suspenso). O time treinou nesta quarta, no Stadium Rio, com: Renan, Edílson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Vitinho, Seedorf e Rafael Marques; Elias. As mudanças não preocupam Bolívar.

“O Botafogo já vem provando desde o Carioca a força do seu elenco. Tem um plantel muito qualificado, não só 11 titulares. Atuamos várias vezes com muitos jogadores diferentes. Esse grupo está desde a segunda rodada entre os quatro primeiro colocados e tem condições de brigar pelo título”, destaca.

Notícias relacionadas
Comentários