Após a eliminação na Libertadores, a diretoria do Botafogo iniciou uma reformulação. O primeiro a pagar a conta foi o técnico Eduardo Hungaro. Henrique também foi emprestado para o Bahia. E até mesmo Bolívar, principal líder do elenco, por pouco não deixou o clube, justamente pela influência sobre os demais companheiros. Nesta quinta, ele disse que tudo não passou de um mal entendido.

Experiente, Bolívar não entrou em conflito com a diretoria em sua primeira entrevista coletiva após o capítulo. Pelo contrário. Ele minimizou a questão e preferiu focar no futebol. Porém, o zagueiro comentou o assunto e diz ainda não saber o porquê de toda a confusão.

“Isso já foi resolvido. Mesmo não tendo ocorrido nada de concreto, todos viram que alguém soprou algo errado nessa história. Então ficou uma dúvida do que realmente aconteceu. Houve um mal entendido. Eu tive problemas para resolver naquela semana da reapresentação. Independentemente de qualquer coisa, meu objetivo sempre foi permanecer. Estou muito feliz aqui e quero pensar somente no Botafogo”, disse Bolívar.

A diretoria via em Bolívar a principal influência sobre o elenco, que protestava contra os salários atrasados. O problema é que com a queda da Libertadores, a liderança positiva se tornou negativa e motivo para o clube dar uma chacoalhada. A decisão de rescindir com o zagueiro não foi bem aceita pelos jogadores, que liderados por Jefferson e Marcelo Mattos, cobraram a permanência do defensor.

Dores na costa podem tirar Bolívar do jogo com Bahia

Durante o treinamento da última quarta-feira, Bolívar deixou a atividade um pouco mais cedo. Nesta quinta, veio a explicação. Ele sente muitas dores na costas e revelou até dificuldade para dormir. Em tratamento intensivo desde então, o zagueiro é dúvida para a partida contra o Bahia, neste domingo. Caso não jogue, Dankler será titular ao lado de Dória.

“Dei um mau jeito nas costas. Com essa lombalgia foi difícil até para dormir. Fiquei em tratamento pela manhã e vou fazer à tarde também. Vamos ver se melhora para que eu possa jogar domingo”, finalizou.

Fonte: UOL