Bolívar: maturidade para evitar deslumbre com a liderança

Compartilhe:

Líder do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos, depois da vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense na sexta rodada, o Botafogo inicia a partir de agora o desafio de se manter na posição. No ano passado, por exemplo, o Fluminense alcançou a primeira colocação na 22ª rodada para não mais sair e conquistar o título da competição.

O desafio começa domingo, contra o Grêmio, em Porto Alegre. A confiança é grande pela campanha feita na temporada. O time tem 22 vitórias e apenas duas derrotas em 30 jogos disputados. No Brasileiro deste ano, venceu quatro dos seis jogos e perdeu apenas um.

– O Botafogo é uma equipe muito madura, que mescla jovens com experientes e vem dando certo. Pelo conjunto da obra, nossas atuações estão sendo boas, com jogadores muito dedicados na marcação. É difícil sofrermos contra-ataques. O Campeonato Brasileiro não te dá a oportunidade de errar – disse Bolívar.

Um dos jogadores mais experientes do grupo, aos 32 anos, o zagueiro lembrou que o Botafogo tem um jovem em cada setor. Dória, Gabriel e Vitinho formam essa espinha dorsal de juventude que tem colaborado para o time alcançar a liderança do Brasileiro.

– Eles estão crescendo e demonstrando uma obediência tática muito grande. O Botafogo está muito bem servido para que possa ter essa continuidade. Temos que mostrar porque somos líderes, mantendo essa postura, sabendo que teremos adversários complicados pela frente e que a dificuldade aumenta a cada rodada – comentou Bolívar.

A sensação de assumir a liderança da competição deixa o zagueiro satisfeito. O planejamento é se manter entre os quatro primeiros colocados até o reta final para então dar uma arrancada na briga pelo título do Campeonato Brasileiro, que o clube não vence desde 1995.

– Isso valoriza o trabalho da comissão técnica e dos  jogadores. O Botafogo começa a ser visto com outros olhos. As equipes oscilam muito e precisamos ficar na zona de classificação para a Taça Libertadores para no fim conquistarmos coisas  melhores para o clube – explicou Bolívar.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários