Bota, Goiás e Guarani deixam dívida de R$ 15 milhões para membros do Clube dos 13

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Empréstimos tomados e não honrados por Botafogo, Goiás e Guarani no total de R$ 15 milhões terão de ser divididos pelos integrantes do Clube dos 13, segundo o blog “Bastidores FC”, do Globoesporte.com. Este montante é garantido pelo patrimônio pessoal do presidente do C13, Fábio Koff, e do ex-diretor financeiro Fernando Carvalho.

Segundo Carvalho, sete clubes já pagaram a sua parte para encerrar a sociedade: São Paulo, Vasco, Internacional, Grêmio, Corinthians, Santos e Atlético-MG. Cada agremiação deve pagar um valor correspondente à sua cota de participação na entidade, que era dividida em grupos.

– Existe um débito do Clube dos 13, uma dívida bancária de Botafogo, Goiás e Guarani, que nós estamos tentando equacionar. Em um primeiro momento houve a participação de sete clubes e agora deve haver participação de outros nove para ver se resolvemos. Eram empréstimos bancários do Botafogo, do Goiás e do Guarani que não foram pagos pelos clubes. O saldo devedor é em torno de R$ 15 milhões. Os clubes pagariam de acordo com a sua cota de participação no Clube dos 13. Como em qualquer sociedade, para encerrá-la, os sócios se reúnem para pagar o que a empresa está devendo. O primeiro grupo era composto por Flamengo, Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Vasco, com participação de 6%, depois o segundo grupo com Fluminense, Botafogo, Inter, Grêmio, que tinham 4.8%, e assim segue – explicou Carvalho ao site.

Notícias relacionadas