O retrospecto do Botafogo contra europeus é positivo e tem vitórias contra alguns dos gigantes do continente. Em 164 jogos, o Alvinegro tem 82 vitórias, 38 empates e 44 derrotas, formando um aproveitamento de 57,7%. Ao todo, foram 327 gols marcados e 222 sofridos. Além dessas vitórias, os cariocas ainda possuem títulos com placares expressivos.

O primeiro jogo da história da equipe contra europeus ocorreu em 1948, em amistoso contra o Southampton, da Inglaterra. Os ingleses vieram fazer uma excursão no Brasil e encararam diversas equipes do país. E o Fogão conseguiu vencê-los por 3 a 1, sacramentando, também, a primeira vitória do clube contra times da Europa.

Em amistosos, o Botafogo também conquistou bons resultados contra algumas equipes grandes do Velho Continente. Em 1951, a vítima foi o Arsenal. Os Gunners vieram ao Maracanã e sofreram uma derrota por 2 a 0 para o Glorioso. Cinco anos depois, no estádio Les Corts, em Barcelona, os donos da casa foram derrotados por 2 a 0.

Mas a principal vitória não ocorreu contra os gigantes catalães, mas sim contra o Atlético de Madrid, em 1959. O time comandado por João Saldanha e que contava com Garrincha, Didi, Quarentinha e Zagallo foi até a capital espanhola para visitar os colchoneros e saiu com uma vitória por 6 a 4. Um detalhe curioso é que os donos da casa tinham Vavá, campeão do mundo no ano anterior, como um dos principais jogadores.

Em 1972, durante o Troféu Ramón de Carranza, outra vitória imponente do Glorioso contra um gigante europeu. Depois de perder na semifinal para o Benfica, o time da Estrela Solitária enfrentou o Bayern de Munique na Disputa pelo 3° Lugar e saíram com uma vitória por 4 a 2. A vitória ganha proporções ainda maiores quando se olha quem estava do outro lado. A equipe bávara era atual campeã europeia e base da seleção, contando com Beckenbauer, Breitner e Gerd Müller.

Um título importante do Botafogo saiu em 1985, quando a equipe foi disputar na Suíça o Torneio de Berna, disputado em sistema de “pontos corridos” após dois jogos. Na primeira partida, vitória contra o Young Boys, donos da casa, por 2 a 1. Mas a grande vitória veio no jogo final, quando o Fogão goleou o Borussia Mönchengladbach por 5 a 0 e ficou com a taça.

Três anos depois, uma nova conquista e, dessa vez, contra um gigante do futebol mundial. Na final do Troféu Cidade de Palma de Mallorca, o Glorioso enfrentou o Barcelona na decisão depois de bater o Boca e venceram pelo placar mínimo, com gol de Marinho na primeira etapa. Um fator que ainda torna a vitória botafoguense ainda maior é quem era o técnico adversário: Johan Cruyff. O holandês tinha acabado de assumir a equipe e estava a comandando nos primeiros jogos de sua longa passagem.

A última grande vitória alvinegra contra europeus ocorreu em 1996, na final do Troféu Teresa Herrera, contra a então campeã europeia Juventus. Depois de um emocionante 4 a 4 no tempo normal, o Botafogo venceu por 3 a 0 nas penalidades. Uma curiosidade é que, depois de um desentendimento entre as equipes, o Fogão teve que atuar utilizando uma camisa emprestada do La Coruña, time dono da casa.

Confira os dez principais jogos do Fogão contra europeus:

1948 – Botafogo 3 x 1 Southampton-ING (Amistoso)

1951 – Botafogo 2 x 0 Arsenal (Amistoso)

1956 – Botafogo 2 x 0 Barcelona (Amistoso)

1959 – Botafogo 6 x 4 Atlético de Madrid (Amistoso)

1963 – Botafogo 3 x 2 Racing Paris-FRA (Torneio de Paris)

1972 – Botafogo 4 x 2 Bayern de Munique (Troféu Ramón de Carranza)

1985 – Botafogo 5 x 0 Borussia Mönchengladbach (Torneio de Berna)

1988 – Botafogo 1 x 0 Barcelona (Taça Cidade de Palma de Mallorca)

1996 – Botafogo 4 (3) x (0) 4 Juventus (Troféu Teresa Herrera)

2008 – Botafogo 2 x 1 Vitória de Guimarães (OBI Cup)

Fonte: Fox Sports