O Botafogo mostrou estar atento ao que ocorre em sua volta. Nesta sexta-feira não se fala em outro assunto a não ser o do vestido que aparenta ter cores diferentes para cada pessoa que olha a foto. O Alvinegro brincou com a situação e fez sucesso.

O clube utilizou as redes sociais para divulgar a camisa numero dois e escreveu: “Essa não tem dúvida: é branca e dourada. É do Botafogo!”.

A polêmica sobre a cor do vestido surgiu na ultima quinta-feira nas redes sociais e viralizou. Tanto que nesta sexta-feira boa parte dos programas de televisão mostrou a brincadeira e até mesmo chamaram especialistas para explicar o porquê de cada pessoa enxergar uma determinada cor.

O fenômeno é conhecido como “ilusão de luminosidade”, um tipo de ilusão de ótica. Como os seres humanos evoluíram para ver a luz do dia, seus cérebros começaram a levar em conta o fato de que a luz muda de cor. “O que está acontecendo é que seu sistema visual está olhando para esse vestido e você está tentando compensar o viés cromático do eixo de luz do dia”, disse o neurocientista Bevil Conway em entrevista à revista norte-americana de tecnologia “Wired”.

O que isso significa exatamente? Significa que a iluminação do entorno faz a parte do cérebro responsável por formar a imagem entender uma determinada cor de jeitos diferentes.

O nosso olho vê uma aproximação da realidade e está treinado para enxergar com a luz natural. Ao longo do dia, quando a luz do Sol muda de cor, vamos descontando a luminosidade para tentar ver algo mais perto do real. Os objetos têm certo tom vermelho rosado de madrugada, mais azul-branco ao meio-dia e voltam a ser mais avermelhados no pôr do sol.

Fonte: UOL