Apesar do título do Campeonato Carioca, o saldo do ano do Botafogo, até o momento, não é positivo. E uma das consequências – ou causas – de tamanha dificuldade é o fato de que, até este momento, o Glorioso ainda não conseguiu emplacar três vitórias seguidas na temporada. O próximo adversário é a Chapecoense, e obter mais um triunfo, nesta reta final de Campeonato Brasileiro, pode garantir a equipe na primeira divisão.

Mas não matematicamente. Na história, o número de pontos que garante a manutenção é 46. Porém, se o Botafogo chegar a 44, com outras quatro rodadas a serem disputadas, e superando um adversário direto como é a Chape, as chances de queda se tornarão praticamente desprezíveis.

Hoje o Glorioso tem 4% de chances de ser rebaixado à Série B, de acordo com o site Infobola, do matemático Tristão Garcia. E se o Botafogo pode encaminhar a manutenção nesta quinta-feira, o meia Leonardo Valencia prega que a equipe mantenha, agora fora de casa, o embalo obtido pelos triunfos no Estádio Nilton Santos.

– Acho que a terceira vitória seguida seria muito importante para a gente, e precisamos ganhar em Chapecó. Conseguimos ganhar duas partidas em casa muito importantes – salienta o chileno, lembrando os seis pontos seguidos obtidos sobre Corinthians e Flamengo, nos dois últimos finais de semana.

Em toda a temporada, até emendar duas vitórias seguidas foi difícil. A série atual é apenas a quarta, sendo que as três anteriores foram ainda em janeiro, fevereiro e abril. Em relação aos períodos invictos, o Glorioso soma cinco sequências de pelo menos três jogos sem perder em 2018. Aumentar a invencibilidade também deverá ser importante para a confirmação da equipe na Série A de 2019.

Fonte: Terra