Os primeiros dias de Vagner Mancini no Botafogo foram só de observação. O treinador alvinegro teve quatro dias para trabalhar o time e preferiu manter o esquema utilizado pelo antecessor – e agora auxiliar Eduardo Hungaro – para o primeiro desafio pelo Campeonato Brasileiro. E a opção de escalar o “time Libertadores” para o duelo com o São Paulo, neste domingo, não foi nada positiva. O clube volta ao Rio de Janeiro com uma derrota por 3 a 0 e já vê os primeiros ensaios de mudanças na equipe serem dados.

Insatisfeito com a exibição do Botafogo no primeiro tempo do jogo no Morumbi, em que perdia por 2 a 0, Mancini fez duas substituições no intervalo: Bolatti, na vaga de Jorge Wagner, e Zeballos, no lugar de Wallyson. Durante a etapa complementar, Lucas substituiu Edilson na lateral direita. As intervenções do técnico surtiram algum efeito, mas longe de serem suficientes para a reação. Uma demonstração de que novos testes poderão ser realizados no decorrer desta semana.

Um deles certamente será a entrada de Emerson Sheik na equipe. Mancini terá que encontrar um espaço para o principal reforço do clube para o Brasileiro, que irá encerrar a preparação física para fazer a estreia. Na busca pela equipe ideal, Mancini terá que deixar para trás as escolhas do ex-treinador alvinegro para dar uma cara nova ao Botafogo a partir da segunda rodada do torneio, contra o Internacional.

“Esta semana será decisiva. Apesar do pouco tempo de trabalho, é bom que a gente mude algumas coisas não só de parte tática, mas de atitude e entrega. A equipe será acertada, não tenho dúvidas disso. Talvez tenhamos de realizar alguns ajustes emocionais nessa equipe também”, apontou Mancini.

Sobre Sheik, o treinador espera a evolução da parte física do jogador para definir como poderá aproveitá-lo no próximo compromisso do Botafogo no Brasileiro. O clube tem a semana cheia para treinamentos para preparar o reforço.

Em busca dos primeiros pontos no campeonato, o Alvinegro se prepara para pegar o Internacional. O clube gaúcho, comandado por Abel Braga, estreou com triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória.

“Espero que, ao longo dos dias desta semana, possamos ter a notícia de que ele pode entrar em campo. Mas não podemos forçar. Nos primeiros treinos dele, pudemos perceber que ele não está em plena forma. Se pudermos contar com ele, ao menos alguns minutos, será ótimo”, complementa Mancini.

Fonte: UOL